terça-feira, 14 de julho de 2015

Livro O Sertão, Um Ser e a Solidão

A primeira edição saiu pela editora CBJE, do Rio de Janeiro

“O sertão, um ser e a solidão é uma belíssima prosa existencialista, repleta de belos aforismos criados por Sandro Henrique Souza. Com passagens reflexivas e profundas, o autor vai percorrendo o sertão e o sentido do ser contido nas paisagens secas e solitárias. É uma leitura na qual se deve atentar para a profundidade das frases e o jogo de palavras.”

Por que caminhar pelas exterioridades deste sertão se dentro de mim há caminhos que desconheço e outros que são inóspitos?

Sandro Henrique Souza
(Do livro: O sertão, um ser e a solidão.)


Quando o sol se puser e anoitecer o meu corpo no sertão, ainda assim acredito que o amanhã existirá para torná-lo claro. Então verei a luz, mesmo que não exista mais sol para queimar as minhas retinas e nem pedras para apedrejar os meus sentimentos.

(Sandro Henrique Souza – Do livro: O sertão, um Ser e a Solidão).

Nenhum comentário:

Postar um comentário