terça-feira, 14 de julho de 2015

Por Um Mundo Sem Bullying

Bullying é um termo utilizado para descrever atos de violência física ou psicológica, intencionais e repetidos, praticados por um indivíduo (do inglês bully, "tiranete" ou "valentão") ou grupo de indivíduos com o objetivo de intimidar ou agredir outro indivíduo (ou grupo de indivíduos). Os indivíduos que comentem Bullying utilizam-se de ameaças, assédios, intimidações, provocações, deboches, difamações, apelidos, judiações e implicações, além de diversos outros termos utilizado pelas próprias pessoas em diversas regiões. O Bullying é praticado em diversos ambientes sociais, como faculdades, universidades, colégios, trabalhos, vizinhança, etc. Os motivos que fazem com que vários indivíduos cometam bullying, podem ser a inveja, o ódio, sentimento de inferioridade, fazendo-os utilizarem de violência para compensar as suas frustrações.
Atitudes que caracterizam o Bullying:
·   Insultar a vítima;
·   Provocar a vítima, colocar apelidos;
Inventar mentiras sobre a vítima;
·   Difamar a vítima;
·   Debochar;
·   Ridicularizar a vítima:
·   Usar de diversas atitudes perversas para humilhar a vítima;
·   Colocar a vítima em situações constrangedoras;
·   Acusar sistematicamente a vítima de não servir para nada;
·   Ataques físicos repetidos contra uma pessoa, seja contra o corpo dela ou propriedade;
·    Interferir com a propriedade pessoal de uma pessoa, livros ou material escolar, roupas, etc, danificando-os;
·   Espalhar rumores negativos sobre a vítima;
·   Depreciar a vítima sem qualquer motivo;
·  Fazer com que a vítima faça o que ela não quer, ameaçando-a para seguir as ordens;
·  Colocar a vítima em situação problemática com alguém (geralmente, uma autoridade), ou conseguir uma ação disciplinar contra a vítima, por algo que ela não cometeu ou que foi exagerado pelo bully;
·  Fazer comentários depreciativos sobre a família de uma pessoa (particularmente a mãe), sobre o local de moradia de alguém, aparência pessoal, orientação sexual, religião, etnia, nível de renda, nacionalidade ou qualquer outra inferioridade depreendida da qual o bully tenha tomado ciência;
·   Usar as tecnologias de informação para praticar o cyberbullying (criar páginas falsas, comunidades ou perfis sobre a vítima em sites de relacionamento com publicação de fotos etc); chantagem, provocações;
·   Usar expressões ameaçadoras;
·   Usar de sarcasmo;
·   Fazer que a vítima passe vergonha na frente de várias pessoas.

A prática do bullying além de ser um ato de desrespeito ao próximo pode causar traumas nas vítimas.

Bullying é crime
O crime consiste em intimidar, constranger, ofender, castigar, submeter, ridicularizar ou expor alguém, entre pares, a sofrimento físico ou moral, de forma reiterada.
A pena para as práticas de bullying pode ser até de 1 a 5 anos reclusão.


Nenhum comentário:

Postar um comentário